12 janeiro, 2009

Um post assim... reformado

Trechos escritos por dois Johns: Stott e Calvino.

De John Stott, A Igreja Vila

“Há alguns anos atrás eu visitei uma igreja, incógnito. Sentei-me no último banco. Fico imaginando quem estará no último banco agora... você sabe que eles geralmente estão lá, incógnitos. Não vou dizer qual era a Igreja. Você não será capaz de identificá-la; é milhares de milhas distante daqui. Quando chegamos à oração pastoral, a mesma foi dirigida por um irmão leigo, pois o pastor estava de férias. Então ele orou para que o pastor tivesse boas férias. Bem, não há problema nisso. Pastores deveriam ter boas férias. Em segundo lugar, ele orou por uma mulher membro da igreja que daria a luz a seu segundo filho, desejando que ela tivesse um parto seguro, o que também é ótimo. Em terceiro lugar, ele orou por outra senhora que estava doente, e então a oração terminou. Isso foi tudo. Durou 20 segundos. Eu disse a mim mesmo, esta é uma igreja de vila, com um Deus de vila. Eles não tem interesse no mundo lá fora. Não houve pensamentos acerca dos pobres, os oprimidos, os refugiados, os lugares violentos, evangelismo mundial...”

De João Calvino, sobre Ser um Cristão

"Garanta, Todo-poderoso Deus, uma vez que nos ganhaste pelo precioso sangue de Seu Filho, que não sejamos nossos próprios mestres, mas sim devotados a ti em pronta obediência, fixando nossas mentes em consagrarmo-nos inteiramente a Ti, oferecendo corpo e alma em sacrifício de forma que estejamos prontos a depararmo-nos com mil mortes, antes que nos afastemos da adoração sincera e verdadeira à Trindade".

Uma boa semana,

Duda

1 Comments:

OpenID voltemosaoevangelho said...

Ótimo artigo. ^^

Eduardo, mudei meu blog para http://voltemosaoevangelho.blogspot.com/

Você muda o link, por favor? ^^

Abraços,
Vini

12:52 PM  

Postar um comentário

<< Home