11 janeiro, 2006

Para refletir... texto de Brian Bergman, tecladista da Charlie Hall Band:

Hoje, pensei bastante sobre todas as músicas que estão por aí no mundo. Milhões sobre milhões de músicas dizendo todos os tipos de coisas. Todas essas músicas são amadas por alguém. Não é uma coisa estranha? Todas essas milhões de músicas foram amadas e criadas. Algumas são ouvidas por milhões de pessoas, outras, apenas por quem as escreveu. O que é que nos inspira a criar? Fazemos isso para sermos ouvidos? É para que as pessoas possam nos dizer quão boas nossas músicas são? É para documentar nossos pensamentos, sentimentos e inspirações? É para capturar um momento? É para que nos tornemos estrelas da música?

Seja lá quantos compositores houverem no mundo, esse deve ser, provavelmente, o mesmo número de razões que existam para que se escrevam músicas. Para mim, eu só espero que possamos documentar as coisas que Deus está colocando em nossos corações, e que possamos criar algo muito bonito que encoraje a Igreja a ir de encontro a Deus.



Deus abençoe a todos.

Duda

1 Comments:

Blogger Nagel said...

Interessante a reflexão do sujeito.

Já te falei que fiquei aqui pensando o porquê de certos hábitos e tal. Assim, eu imaginei que sempre há dois aspectos nos nossos atos, sejam quais forem: temos a intenção de glorificar a Deus e de sempre fazer algo digno do nome dele, mas há um aspecto pessoal, individual, algo como pensar em si, entende? Enfim, não ta muito explicado não, mas eu chego lá.

Abraços.

5:15 PM  

Postar um comentário

<< Home